00:00:00

domingo, 18 de julho de 2010

SÃO MIGUEL DO FIDALGO


São Miguel do Fidalgo
De Miguel Marinho de Oliveira,
Joaquim Dias de Oliveira...
De colégios a ruas da cidade
A cheia de graça!

O Anjo Miguel Arcanjo, o Santo Padroeiro
Que de meados de 1957
Na construção da Igreja Católica
Dona Maria Antonia Marinho de Conceição
O Padroeiro consagrou.

Quero ver o progresso...
A Rua Joaquim Dias de Oliveira Crescendo
O município se desenvolvendo
As culturas surgindo
O homem pensado.

Saudade! Amor de minha terra...
Que amo como tal...
São Miguel do Fidalgo
Quero ver a Lagoa do Fidalgo
Onde moram os peixes e os jacarés
Quero caminhar por suas terras férteis a beira
Ouvir o cantar da galinha d’água, que dos arrozes deixa o amassar!
Das avoantes no vai e vem no entardecer
Dos marrecos o assoviar, do tetéu o gritar...

Saudade de minha terra querida
De poços de águas quentes e frias onde não param de jorrar.

Banco de Areia, uma fazenda
Que da primeira feira em 21 de setembro de 1952
Para facilitar a comercialização dos produtos
Na construção de estradas vicinais ligando as cidades próximas
Um povoado veio a formar.

Desmembrando dos Municípios
De São José do Peixe e Paes Landim
Do primeiro o distrito
Que de plebiscito em 03 dezembro de 1995
A criação em vinte sete dezembro de noventa e cinco.

Criado pela Lei 4.811 com instalação em 01 janeiro 1997.
As margens da Lagoa do Fidalgo
De povoado Banco de Areia
No coração do vale do Fidalgo
Nasceu o municipio de São Miguel do Fidalgo, Piauí, Brasil.

Saudades dos tempos de outrora
Saudades da terra!
À distância... A saudade... As lembranças...

 Josselmo Batista

3 comentários:

Meiriane Retrão disse...

A famosa São Miguel...tenho vontade de conhcer sua terrinha!!!

Josselmo Batista disse...

Muita famosa Meiriane, e como filho e amante dessa terra imortalizarei...

Josselmo Batista disse...

Meiriane acredito que você vai conhecer,conhecer as belezas do centro sul, do centro sul do piaui, o paraiso perdido no meio do sertão...