00:00:00

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Um fidalguense volta a falar...


         A lei neste país infelizmente não é feita para todos, assim como determinações baixadas pela autoridade policial de São Miguel do Fidalgo. Dia 21 de janeiro de 2011, foram chamados na Delegacia de Polícia de São Miguel do Fidalgo, donos de bares e algumas pessoas da sociedade para comunicá-los que som alto em seus estabelecimentos e na cidade só até as 22:00 h. Uma prova que a lei não funciona para todos é que neste mesmo dia o filho da Prefeita conhecido por Paulo estava aniversariando e ficou até altas horas com o paredão ligado a uma altura não permitida depois das 22:00 h, assim como foi determinado pelo Delegado da Cidade.
       Não sei se por ser filho da prefeita, por adulação ou puxação de “saco”, não teve uma pessoa que fizesse valer a lei, que por ironia do destino tinha sido comunicado nesta mesma data. Uma das pessoas que se encontrava na reunião que reclamou muito de som ligado “fora de hora” é uma senhora conhecida por Maria Heloisa, e que por ironia do destino a casa a que o som do filho da prefeita estava ligado a toda altura, fica a menos de 200m da sua casa. Será que ela foi reclamar? Será se teve alguma pessoa da cidade que foi reclamar?
         O que me indigna é a hipocrisia. A falsidade. A adulação de várias pessoas que se julgam corretas... não temos intriga alguma com nenhumas das pessoas citadas, são até nossos amigos, mas como diz o ditado, “negócios a parte”. O nosso intuito e fazer valer a lei a todos. Para as pessoas citadas esse canal estar aberto ao direito de resposta.

2 comentários:

Anônimo disse...

...mais parece que a lei não vale pra todos...:@

ele(a) deveria começar por o de casa...

O VOO DA AGUIA disse...

verdade a lei deveria valer primeiro, para os de casa... mas o que acontece é que os fazem as leis geralmente se sentem dona dela, é se pra eles não valesse.