00:00:00

domingo, 1 de agosto de 2010

HINO (ensaio)

Salve! O Fidalgo, o imenso coração
Banco de Areia, outrora fazenda a povoado
Vinte sete dezembro assinala a emancipação
Nasce o promissor São Miguel do Fidalgo, Piauí, Brasil.

As margens da lagoa do Fidalgo
Lagoa de baixo, lagoa de cima.
Na esperança que nos vem das terras verteis,
Da cultura do algodão, do milho, do coco...
Que não nega aos teus filhos o alimento.
O município sempre a crescer
Na certeza de um futuro melhor.

Poços tubulares (jorrantes), de águas quentes e frias.
No sertão, no inverno, onde corre os riachos!
Das chapadas a morro a baixo
Dos vales a lagoa do Fidalgo.

São Miguel do Fidalgo, Piauí, Brasil
Nasceu nos braços forte do homem desbravador
São Miguel Arcanjo o Padroeiro
Anjo protetor dos exércitos celestiais,
Guerreiro que inspira o povo fidalguense
Povo forte, que vive com fé, amor, esperança...
Com o trabalho sempre a progredir.

São Miguel do Fidalgo seja ainda maior
Do nosso povo a certeza do amanhã
Que venha a construir um futuro sempre melhor
Justa e com dignidade
Sob o céu e sobre a terra
Na imensa claridade do alvorecer
No coração Fidalgo.

Conservando a grandeza e a pureza
Do passado à história presente
Do presente à construção do futuro
Do porvir, a esperança sempre melhor.

Josselmo Batista Neres

3 comentários:

Cássia Oliveira disse...

Parabéns amor! É admirável sua atitude de através de vesos e prosas externar e divulgar sua terrinha.Hum assim fico com vontade de conhcer pessoalmente...rsrs

Josselmo Batista disse...

Obrigado Cássia pelo comentário, é sempre maravilhoso ver comentários em nossos trabalhos... acredito que você vai conhecer pessoalmente.

Josselmo Batista disse...

Esse poema "HINO" é um ensaio para ser musicalizado e servir de inspiração para os amantes de São Miguel do Fidalgo em lugar do hino que ainda não existe.